quinta-feira, 9 de junho de 2011

Somos Tod@s bombeir@s

Na tarde do dia 06 de junho, as mulheres presentes na ALERJ se reuniram e decidiram se organizar, tanto para potencializar a luta pela libertação dos bombeiros presos, quanto para dar uma resposta ao Governador Sérgio Cabral, que havia atacado o movimento chamando os bombeiros de irresponsáveis ao levar as mulheres e crianças para ocupar o QG. 

A fala dele estava impregnada da concepção machista de que as mulheres são frágeis, devem ser protegidas, não tem vontade própria e, principalmente, não devem lutar ao lado dos homens.
Por isso, foi escrito o manifesto abaixo.
MANIFESTO DAS MULHERES
LUTAR NÃO É CRIME, LUTAR É UM DIREITO!!
NÓS MULHERES, BOMBEIRAS, ESPOSAS, MÃES, FILHAS E FAMILIARES REUNIDAS NA TARDE DO DIA 06 DE JUNHO, DECIDIMOS IR A PÚBLICO DENUNCIAR AS ATROCIDADES E A BRUTALIDADE COM QUE O GOVERNADOR SERGIO CABRAL VEM TRATANDO O MOVIMENTO DOS BOMBEIROS E SUAS FAMÍLIAS.
CONSIDERAMOS QUE OS BOMBEIROS E BOMBEIRAS SÃO HERÓIS DO POVO QUE MERECEM TER CONDIÇÕES DIGNAS DE VIDA E TRABALHO, POR ISSO, NOSSA LUTA É LEGTÍMA!!
ACREDITAMOS QUE OS 439 PRESOS SÃO INOCENTES E MERECEM TER UM TRATAMENTO DIGNO E HUMANO.
EXIGIMOS A IMEDIATA LIBERTAÇÃO DOS 439 PRESOS E O ATENDIMENTO DE TODAS AS REIVINDICAÇÕES.
- PELA LIBERTAÇÃO DOS 439 PRESOS !
- SALÁRIO LÍQUIDO INICIAL DE R$2.000 (SOLDADO)
- CHEGA DE GRATIFICAÇÃO! PELO AUMENTO REAL DO SALÁRIO !






Mulheres na Luta pela libertação dos bombeiros presos

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Diz aí o que fervilhou na sua mente